09 maio 2010

Será que sei o que é ser mãe?

Sempre adiei este passo …

Nunca senti a necessidade de ser mãe biológica, as crianças até aos 2 anitos nunca me seduziram, são demasiado dependentes … o meu sonho … agora mais uma vez adiado por 2 ou 3 anitos … sempre foi a adopção …

Agora que estou prestes a ser mãe biológica … olho para essa realidade como uma grande incógnita. Que tipo de pessoa vou colocar neste mundo, que tipo de pessoa serei eu quando a conhecer?


Tenho a certeza de que me irei preocupar demasiado, é da minha natureza, quem me conhece sabe ...
Aqui, tenho a certeza que a idade e a experiência de vida que me transformaram numa pessoa calma e segura, me vão ajudar … pois daqui até ao nascimento da Clara já não falta muito ... Sinto os seus movimentos enérgicos, vira daqui, chuta dali …

Quando olho para a barriga … só sei …

que nunca me meti num projecto tão grande, tão definitivo.

8 comentários:

Ela disse...

ninguém sabe o que é ser mãe até ao momento de o ser. algumas, mesmo depois disso não o sabem.
Mas serás uma óptima mãe. Não serás a melhor mãe do mundo porque, segundo o meu filho, a melhor mãe do mundo sou eu!! ;)

Jordão disse...

Vais ser uma mãe fantástica!!!

Disso temos todos nós a certeza!!!

carla disse...

Este e o projecto mais lindo que alguma vez teras

CS disse...

Num projecto que serás capaz de o levar a bom porto ;)

JB disse...

...coisas há que não temos ideia de como irão ser...

... Mas coisas há que são garantidamente certas...

... e tenho a plena convicção que a beleza dos olhos verde-água de mãe e filha, com a sua capacidade de irradiar ‘aquela’ luz interna que tanta gente já conhece na mãe, vão garantir que todos em seu redor se 'apaixonem' por ambas, não as deixando sozinhas neste novo percurso que têm pela frente…

…nesta noite de insónia, deixo-te o meu primeiro comentário no fim desta tua viagem, embora tendo-a seguido com assiduidade, para que saibas que apesar de ‘afastado’ manténs um lugar muito especial cá dentro…

Espero ainda que continues a escrever, quem sabe agora com que título, para que todos nós que estamos mais ‘longe’, possamos fazer-te sentir que estamos mais ‘perto’ de ti.

Com a maior das sinceridades JG, espero que tudo corra bem neste “fim de linha” de nove meses, e pese embora as circunstâncias, vou ‘estar ao teu lado’ nestes momentos que se aproximam para que sintas mais uma presença das muitas que garantidamente vão estar junto de ti a ajudar-te…

Um carinho muito especial de um grande amigo…

eco disse...

Minha querida amiga ,
Todas as tuas dúvidas são normais mas não tenho dúvidas que tudo vai correr bem neste teu novo projecto... não fosses tu "arquitonta" :)
Uma coisa posso eu dizer: se educares a Clarinha com os teus princípios, força e carácter, tenho a certeza que será um ser humano muito equilibrado e feliz!
...E depois estamos cá todos para estragar a "educação" da mãe com mimos! lol
beijos grandes

Lucrécia disse...

Oh minha amiga tenho a certeza que serás a melhor mãe do mundo!!!!

CS disse...

Depois do comentário do JB, quem tem coragem de afirmar o contrário? Quem? Se antes ninguém, agora ninguém mesmo.
Big Mama :)